Site icon Criptomoedas

Bitcoin é anônimo?

Uma das maiores dúvidas sobre Bitcoin é sobre a anonimidade/privacidade. Como você vai aprender nessa aula, o Bitcoin é anônimo por um lado, mas transparente por outro.

Como já ensinamos no artigo anterior, um endereço serve para que as pessoas possam transferir Bitcoins umas para as outras. Mas esse endereço é apenas um conjunto de caracteres, não possui nenhum nome ou CPF associado, nenhuma identificação. As informações que circulam no blockchain são apenas códigos, portanto a essência do sistema é o anonimato.

Porém, apesar dos endereços não possuírem nenhum vínculo com identidades, em algum momento as pessoas precisam realizar transações com o mundo físico, como a troca de Bitcoins por Reais, por exemplo, e nesse momento, um endereço será vinculado a uma identidade. Nas exchanges (locais onde é possível comprar e vender Bitcoins por Reais), cada usuário precisa informar seus dados pessoais, sua conta bancária, etc. Então caso algum endereço na rede Bitcoin seja acusado pela polícia de ter cometido um crime, uma exchange pode ser solicitada a informar quem é o detentor de tal endereço.

Existem algumas artimanhas para tentar permanecer no anonimato, como realizar diversas transações para diferentes endereços, mas todas as transações são públicas e podem ser verificadas no site blockchain.com, basta colocar o código do endereço ou da transação e todas as informações serão mostradas.

Investigações geralmente incluem pesquisas na web e nas redes sociais para tentar vincular um endereço com alguma identidade. Se em algum momento um criminoso utilizou seu endereço para realizar uma transação simples no passado, colocando o endereço publicamente no Facebook, por exemplo, é possível descobrir o vínculo entre pessoa física x endereço.

Portanto, de um modo geral, o sistema inteiro é anônimo, mas sua transparência nas buscas pelas transações e a possibilidade de encontrar o vínculo entre endereços virtuais e o mundo físico fazem do Bitcoin uma rede não tão anônima como se poderia imaginar. Inclusive, muitos criminosos já foram presos graças a esses processos investigativos mencionados.

Algumas criptomoedas foram projetadas para tentar tornar a rede blockchain mais anônima, como os projetos Monero, Dash, Zcash, Verge, entre outras. Existem diversos benefícios em um sistema anônimo, pois ele acaba sendo mais seguro na questão de proteção da privacidade.

O objetivo desse artigo foi que você pudesse entender um pouco sobre o assunto. Agora, podemos dar seguimento ao nosso aprendizado.

Voltar para: Curso completo de Bitcoin e Blockchain

Exit mobile version